Organica abre escritório em Porto Alegre

by organica

Aceleradora de Negócios Organica chega ao Rio Grande do Sul

Empresa que ajuda startups e empresas tradicionais a criar modelos de negócio digitais entra em Porto Alegre já com quatro clientes

 

Já com quatro clientes em sua carteira, a Aceleradora de Negócios Organica anuncia sua expansão rumo ao Sul do País com a oficialização da sua chegada a Porto Alegre (RS). A nova operação reforça o crescimento da empresa fundada em 2014 por Roni Cunha Bueno e Renato Mendes e tem como objetivo atender à demanda de clientes que buscam criar modelos de negócio vencedores dentro da Nova Economia.

Luciane Aquino, sócia Organica, lidera o escritório de Porto Alegre

À frente da expansão para a praça está a sócia Luciane Aquino. Ela explica que a chegada ao Rio Grande do Sul foi um movimento natural do mercado. “O mercado de Porto Alegre é muito rico e nós temos sido procurados por muitas empresas com potencial para crescimento na economia digital. Algumas são startups já com tração e que precisam crescer ainda mais rápido, e outras são empresas tradicionais que perceberam que precisam dominar o digital para não perder mercado, mas não conseguem vencer as barreiras culturais para ter sucesso”, comenta Luciane. 

A aceleradora já atua com empresas com os dois perfis em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, ajudando a montar equipes e contratar pessoas, concebendo produtos e criando potentes máquinas de venda. “Boa parte do nosso sucesso se deve ao nosso modelo de trabalho, que é diferente de uma consultoria tradicional ou de uma agência. Nós fazemos uma imersão na empresa junto com os empreendedores e combinamos um plano de trabalho que será desenvolvido em conjunto”, explica Roni Cunha Bueno. “Durante esse tempo, nós atuamos junto com os líderes da empresa e os seus  fornecedores em pontos-chave que alavancarão o negócio com velocidade e tração. É uma estratégia realmente transformadora”, completa.

No Rio Grande do Sul, a Organica já está trabalhando com as empresas como a Umbler, de hospedagem em nuvem por demanda, Rocket.Chat, plataforma de chat corporativo, e Delivery Center, solução de entregas que integra varejo online e offline.

Em todo País, a aceleradora já auxiliou mais de 40 empresas a crescer, entre elas MaxMilhas (Melhor startup 2017 pela Startup Awards), Méliuz (Melhor startup 2016 pela Startup Awards), Dr. Consulta (Empresa de maior impacto 2017 pela Latam Founders), Banco Votorantim, Mercado Bitcoin, Netshoes, Banco Modal, Banco Olé (Grupo Santander), Oi, Time for Fun, Terra, GetNinjas, Leiturinha, Netfarma, Serasa Experian, Empiricus, Netfarma, e.Bricks Ventures, Dinda, Object Edge, ProntMed, entre outras.

Sobre a Organica

Com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, a Organica, empresa que lidera o crescimento acelerado de negócios, tem o objetivo de auxiliar companhias em busca de avanço exponencial e sustentável, em um ambiente cada vez mais desafiador. O diferencial da companhia é que além de desenhar o planejamento estratégico, também lidera a execução. Fundada em 2014 por Roni Cunha Bueno, a empresa conta com os sócios diretores Renato Mendes, Priscilla Erthal, Pedro Paulo Moraes, Luciane Aquino e Maurício Alexandre.

Sobre Luciane Aquino

Luciane Aquino é sócia da Organica e atua como executiva no mercado digital desde 1999. É especialista em inovação e estratégia de produto digital e mentora e investidora em startups brasileiras. Foi vice-presidente global de Mídia e diretora de Produto Editorial do portal Terra. Tem MBA em Gestão Empresarial pela FGV, e é pós-graduada em Comunicação Digital pela Universidade Pompeu Fabra, da Espanha, e em Altos Estudos em Comunicação pela Universidade Autônoma de Barcelona. É co-host do podcast TricoTech, sobre cultura digital.

 

 

 

Comentários

© 2017 Organica. Todos direitos reservados. 123eSite