Coragem = Ação que tomamos pelo coração

Algumas perguntas recorrentes em minhas mentorias coletivas são: Qual foi o maior erro da Netshoes? Qual foi o seu maior erro? Ou mesmo qual foi o grande erro da Organica?

Qual? Foram vários e, de verdade, não importa qual exatamente, e sim a raiz do erro. 

Avaliando muito os principais erros por onde passei e fui um dos protagonistas dos mesmos eu descobri um padrão, todos em sua grande maioria foram motivados pelo MEDO.

Oi?

Sim, o medo te leva ao espírito de sobrevivência e pode ter um terrível sintoma de extrair o pior das pessoas, de deturpar seus padrões de decisões e assim tomar decisões completamente equivocadas e provocar erros homéricos.

Em 2015, em visita ao Face lembro do cartaz na parede: FAIL HARD. Peguei um que estavam distribuindo e trouxe à Organica. Dividi o seguinte pensamento com todos por aqui: “Prefiro errar com coragem do que acuado e com medo”. 

Em todas as histórias que passam pela Organica, mais de 50 startups, a coragem foi algo fundamental, que alavancou negócios e fez cometer erros sim, mas levou as empresas a outro patamar. 

Coragem para mim são as ações que tomamos pelo coração, pela nossa essência e com o mínimo de filtro possível. 

Só os corajosos vencem.