Na semana passada, quem conversou com a Priscilla Erthal na Live Faz Chover foi o Chaps Melo. Ele é cantor, compositor e um dos criadores do Mundo Bita. O desenho infantil nasceu em Recife, nos estúdios da Mr. Plot, uma produtora de conteúdo fundada por Chaps e mais três amigos: João Henrique Souza, Enio Porto e Felipe Almeida, todos pais que entenderam haver uma demanda por conteúdos de entretenimento infantil. Confira a seguir 5 insights desse bate-papo!

1. Pensar em um público baseado nas pessoas que estão próximas de você pode ser uma boa estratégia para começar

O Chaps idealizou o Mundo Bita quando a sua primeira filha ainda estava na barriga da mãe e ela foi seu público-alvo. Há 9 anos, ele não era empreendedor e era um pai recente. Por isso, pensar em um público parecido com o da própria casa foi a estratégia. O Mundo Bita traduz a soma de 4 amigos: Chaps fica com a criação, o João Henrique Souza na comunicação, o Enio Porto no financeiro e o Felipe Almeida nos negócios. Os 4 sócios têm o perfil complementar e todo mundo debate tudo. Antes deles serem sócios eles já eram amigos e continuam sendo. 

2. O 1º grande segredo do Mundo Bita foi falar com o público infantil sem idiotizar as crianças

O Mundo Bita desde o início busca falar do que precisa ser dito sem idiotizar e menosprezar o raciocínio das crianças, mas passando a mensagem de um jeito que elas entendam. A animação é cara, difícil de fazer e a mão de obra ainda é escassa no Brasil. Por isso, no meio do ano eles já estão planejando o ano seguinte. Os sócios não conheciam tanto o mercado infantil, erraram muito e tiveram que se reinventar. Mas isso contribuiu com a identidade do Mundo Bita, que foi construído sem se basear em algo existente. Juntos os sócios tomam as decisões dos temas da temporada. Sempre há um tema central e os subtemas em cada mês. 

3. Tenha maleabilidade para adaptar seu negócio às novas necessidades

Para o Chaps é fundamental ter maleabilidade. O Mundo Bita foi criado para ser um aplicativo. Chaps já tinha experiência com o desenvolvimento da tecnologia, mas eles enfrentaram barreiras econômicas por ser algo muito novo. E a música foi mais uma tentativa do aplicativo dar certo. Chaps nunca tinha feito música profissionalmente e conta que vendeu o peixe para a Sony antes de pescá-lo. O Mundo Bita só tinha 3 músicas. mas a gravadora comprou uma temporada. O app já não era tanto atrativo de negócio. Outro marco para o Mundo Bita foi a entrada no Discovery Kids. Eles se descobriram no audiovisual. Tudo foi crescendo organicamente e o Mundo Bita nunca foi uma febre de momento. Ele foi crescendo aos poucos e tiveram algumas outros marcos, como concorrer ao Grammy, a parceria com Milton Nascimentos e.momentos menores de ver crianças com com tablet vendo o Mundo Bita no aeroporto. 

4. Busque construir o sentimento de gratidão entre seus consumidores 

A relação com as famílias que consomem o conteúdo do Mundo Bita é muito boa. Elas têm um verdadeiro sentimento de gratidão pelo projeto existir. E isso faz muita diferença para a equipe. Na produtora, a Mr. Plot, eles têm um quadro com mensagens que o público manda e elas estão lá para alimentar a cadeia de positividade. Chaps conta que indica que no dia que alguém estiver triste leia as mensagens.

5. É preciso ter liberdade dos padrões no processo de criação

Chaps disse na live que a criação do Bita com um olho maior que o outro foi no feeling. Ele é certinho na organização, mas acredita que na criatividade tem que haver liberdade. Desenhar e compor é ser subversivo. Tudo no Mundo Bita é feito com muita poesia, sensibilidade e delicadeza. O lado musical é mais forte que o vídeo, por exemplo. E a música é uma forma de sair da tela. E o grupo busca incentivar as crianças a não exagerar na quantidade de telas e falam sobre a importância de brincar no mundo fora delas. Por isso, eles apostam em outros produtos, como apresentação no teatro e publicações editoriais.

6. Fique atento às oportunidades e desafie seu modelo campeão 

A Flora é uma personagem que nasceu de uma lacuna do Chaps em não conseguir cuidar de tudo sozinho. A história da Flora será contada em breve. Antes da pandemia estava sendo planejado um show com orquestra com lançamento no Rio de Janeiro, mas ele irá acontecer quando for possível. O Mundo Bita também está ampliando sua internacionalização em Portugal, América Latina e foi iniciada a produção de conteúdo em inglês. A série também está em desenvolvimento. E em breve eles irão abordar um tema que queriam falar há algum tempo, a adoção. No Dia das Criança haverá uma live pra lá de especial. O Mundo Bita tem esse olhar de carinho, responsabilidade e propósito. 

Espero que tenha gostado dos insights de hoje. Não perca as nossas Lives no Instagram da Organica. Aproveite para seguir a gente por lá e até a próxima!

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *