Ontem, Roni Cunha Bueno conversou com o Rodrigo Batista na Live #LíderesCorajosos. Hoje, Rodrigo é conselheiro e investidor em empresas de tecnologia como nTokens.com e Saxperto.com.br. Ele também é fundador do Mercado Bitcoin, maior corretora de moedas digitais da América Latina. Rodrigo fundou a empresa em 2013 e ela foi vendida em 2018. Nesses dois anos que se passaram, o empreender continua construindo outros palcos por aí. Saiba quais são os insights de hoje!

1. Fique atento às oportunidades que você encontra pelo caminho

O Rodrigo Batista acreditou nas criptomoedas lá atrás. Ele viu na Revista Superinteressante que tinha algo legal nascendo, que já tava crescendo no mercado internacional, e enxergou como uma oportunidade de criar algo em 2011. O Mercado Bitcoin nasceu em 2013 e ficou sob comando do Rodrigo até 2018. Quando não fazia mais sentido ele vendeu e nos últimos dois anos o empreendedor mudou seus rumos.

2. Se você se mete sozinho em um negócio a chance de ficar sobrecarregado é muito grande

Rodrigo se define como alguém bem técnico e por muitos anos um assunto que deixou de lado foi o das pessoas. A faculdade tem dificuldade de preparar sobre isso. Ao longo do caminho, Rodrigo descobriu quem ele queria no seu time: pessoas que buscam fazer o trabalho bem feito. Com as pessoas certas o empreendedor consegue mudar para outro ramo e conseguir dinheiro, por exemplo. E a vontade de aprender é algo que ele realmente valoriza nos colaboradores. Se alguém se prende em uma tese fica muito difícil trabalhar em time. É necessário flexibilidade e resiliência. Segundo o Rodrigo, se você se mete sozinho a chance de ficar sobrecarregado é muito grande, não vale pagar pra ver. Uma outra característica importante quando dá certo chamamos de persistência e quando dá errado ela fica conhecida como teimosia. 

3. Tenha persistência para ir vencendo suas barreiras

Rodrigo foi criado no Itaim Paulista, periferia da Zona Leste de São Paulo. Ele conta que roubou o folheto da escola sobre o ensino técnico e estudou um jeito de colocar de volta sem que ninguém percebesse. Ter mudado para a Escola Federal daquele folheto foi algo transformador na sua vida. Da escola ele entrou para o mundo da computação. Um segundo momento marcante que o Rodrigo relembrou na live foi o de ter largado o salário e benefícios do banco em que trabalhava para empreender na sua startup. Rodrigo foi vencendo as barreiras pelo caminho. A gente sempre escuta que adulto não consegue aprender inglês ou que é impossível entrar na USP. Mas ele garante que só desiste se tentar no seu máximo. E essa persistência o ajudou muito a construir sua história.

4. Ainda há muita coisa para ser feita no universo financeiro

E o Rodrigo continua criando coisas nesse mundo, tanto pensando nos mais ricos quanto nas pessoas de baixa renda. Sem dinheiro a gente não vive e o Rodrigo quer dar outras contribuições nesse ponto, com o dinheiro mais fácil e disponível para as pessoas. Um dos seus objetivos é que as pessoas, principalmente as menos assistidas, tenham uma vida melhor. Saúde e genética são outros assuntos que têm interessado o Rodrigo, da mesma forma que enxergou potencial no bitcoin em 2011. Ele acha que em 10 ou 20 anos teremos grandes desenvolvimentos nessas áreas. 

5. Se você está aberto ao mundo vão te aparecer novos desafios

Pessoas boas abrem espaços. Ninguém consegue fazer tudo super bem e sempre vão existir pessoas melhores que você em determinada coisa. Por isso, a gente precisa se desenvolver para trazer novas pessoas no caminhos. E é necessário preparar essas pessoas para ocupar esses caminhos. É aquela história: se desenvolver para desenvolver os outros. As pessoas precisam ser ouvidas e não julgadas. Tudo muda, por isso, precisamos nos adaptar. Viva bem no desconforto.

Espero que tenha gostado dos insights. Você pode assistir a live com o Rodrigo Batista clicando aqui. Ah, e não perca as Lives Jeito Organica, Faz Chover e Líderes Corajosos. Elas acontecem todas as segunda, terças e quintas-feiras, respectivamente, no Instagram da Organica. Até mais!

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *